O do palco

Os olhos eram pesados, carregados por uma desconfiança dispersa. Uma fina linha de incerteza frente ao novo, e ele então bocejava o óbvio. Era tudo redundante. Apenas aquilo que bem sabia fazer, ignorando o contexto. Logo um olhar profundo, de análise penetrante, mas de eficiência fugaz.

As mãos tristes permaneciam lisas, ágeis. As veias salientavam a impulsividade dos membros, que contrastavam com um novo olhar velho, vítreo. Era solidão em sustenido, ressoando à visão do público.

A testa, esta também tendia ao tédio, enrugada como se quisesse se esconder daquele ambiente médio, povoado por pessoas desinteressadas, outras maltrapilhas, e uma meia dúzia de ouvintes esforçados.

Mesmo assim amorteci frente ao mórbido prazer do sonoro, de um fúnebre som ranzinza arranhado por aquela guitarra desbotada que ele com a perna apoiava. Aquela cara fechada me incomodava de fazer cócegas. Aquela testa franzida… e o bocejo solto, descarado…

Aí voltava o grito das cordas, que aquietava por segundos aquela implicância que voltava a tomar-me a lucidez quando o músico dava de coçar, lentamente,  a curvinha do rosto que leva o pescoço ao queixo. Com a ponta das unhas ele se estendia a roçar os pelos, para fora e para dentro, num vaivém automático como de um brinquedo com a pilha gasta.

Era como se dissesse à plateia: “E eu aí com vocês?”. Era quando recuperava a compulsão pela ligeireza dos dedos e tornava a tocar aquelas notas com as quais ele fazia música. E logo voltava a entreter-se com ele mesmo.

Eu, na mesa, me desacomodava ainda mais por não saber se era prazer ou obrigação aquele rito que ele cumpria no palco. Até o último som, mantive a postura torta.

Por Isabela Rosemback

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “O do palco

  1. joao pedro

    só pode ter sido no raps. E você não dorme mais nas mesas, né? parabéns!

  2. Roberta

    A arte de dormir na mesa… Fui eu que ensinei! (eu acho… assim, como exemplo de irmã que sou)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s